Paris me Chama

Moda, Beleza e dicas de Paris

by Paula Saady

Nightlife: A Vida Noturna em Paris

Nightlife: A Vida Noturna em Paris

Lifestyle

Saturday Night Dance

Noite é um pouco puxado para que trabalha e tem duas filhas como eu, então muitas vezes eu pulo a vida noturna em Paris mas fico sabendo de tudo pois quem tem amigos nunca está perdido, e são anos de noite. Eu não sou mais tão habituê, mas tento ir pelo menos uma vez em cada lugar da moda só para ver como é e depois contar para vocês, claro. O Club Silêncio, aquele do David Lynch continua sendo o point, além do Castel, legendário club dos anos 70 que foi reformulado com decoração assinada pelo grafiteiro André ( aliás quem quer uma repaginada cool por aqui trabalha com ele, tá ) e o L’Arc, que reabriu temporada passada e tem o Lenny Kravitz como um dos sócios. O L’Arc é o mais fácil de entrar sem conhecer ninguém. O Montana também reabriu, agora tem restaurante no segundo andar e hotel boutique, para os íntimos e as paredes decoradas pelo artista Vincent Darré que eu sou fã. Eu gosto do Yoyo, que tem um clima de Berlim, mas não dá pra ver ninguém de tão escuro que é o lugar, e os parisienses de raiz sempre terminam no Le Baron, apesar de falarem mal, mas isso já é típico deles…

Nessa temporada o lugar mais bombeado pelos fashionistas, está sendo o Les Bains, antigo club dos anos 80 que tem uma piscina como parte da decoração. O le Bains também é um Hotel e tem um bar maravilhoso. Para os mais comportados e em busca de azararão hetero, eu recomendo o Rasputine, o Matignon e o a pistinha do bar Trés Honoré, para ver muita gente bonita. Gostaram, então se joguem e depois me contem aqui nos comentários.

Esses nem são todos os clubs bacanas da cidade, mais para um primeiro post, já dá para começar a brincar, bisousss

(foto acima, inteiror do Le Castel)
______________________

English, Please !

For years I’ve been a real party girl, but now with two daughters it’s getting more and more difficult, but I try to go at least once in each place to see what’s going on and after my friends let me know the rest. Silencio Club, the one designed by David Lynch remains the point, beyond Castel, legendary club of the 70s that was redesigned with decoration signed by André Saraiva, the graffiti boy and the L’Arc, which reopened last season and has the Lenny Kravitz as a partner. L’Arc is the easiest one to get inside without knowing anyone. The Montana also reopened with restaurant and boutique hotel, for the intimates. I love the walls decorated by artist Vincent Darré witch I’m a fan. I also like Yoyo, which has a ambience that reminds me of Berlin, but you can not see anyone so dark that is the place, and root Parisian always end at Le Baron, although they speak badly, but that’s typical of them …

This season the place all fashion crowd is talking about is Les Bains, former club of the 80s that has a pool as part of the decor. By the way, Le Bains means ” The Showers” The le Bains is also a hotel and has a wonderful bar.
For well behaved hetero boys and girls, I recommend the Rasputine, the Matignon and the bar Trés Honoré, where you can find beautiful people. Liked ? Go party for me and let me know on the comments !

O bar do Les Bains
O bar do Les Bains

2 Comentários
Newsletter