Paris me Chama

Moda, Beleza e dicas de Paris

by Paula Saady

O charme Provence parte 2 – L’Oustau de Baumanière

O charme Provence parte 2 – L’Oustau de Baumanière

Gourmet Lifestyle Paula's Diary

Hoje vou contar a segunda parte da minha viagem, com um jantar no famoso restaurante L’Oustau de Baumanière e um curso de cozinha que fizemos no dia seguinte.

O charme Provence parte 2 – L’Oustau de Baumanière

O Jantar

O Jantar em um restaurante como esse, é uma experiência sensorial, cada prato uma emoção. Mesmo em uma segunda feira o lugar estava quase completo e com clientela internacional. Lá eu entendi o valor de duas estrelas no Michelin. Além de Jean-André Charial, o restaurante também conta com o jovem chef Glenn Viel na frente da cozinha.

O charme Provence parte 2 – L’Oustau de Baumanière

Nesses lugares existe uma performance, um gestual, você se sente parte de um teatro gastronômico. A forma como os pratos são servidos, todo o staff, é como estar num filme. Tipo de lugar perfeito para uma data especial.

O charme Provence parte 2 – L’Oustau de Baumanière

O charme Provence parte 2 – L’Oustau de Baumanière

Eu tive minha primeira experiência com o novo prato no menu, as cuisses de grenouilles. Pois é provei o sapo, e ele estava delicioso !
E também provei um prato tradicional do Menu do L’Oustau de Baumanière, o Suprême de Vollaie de Bresse, a ave cozida na bexiga do porco. É isso mesmo gente. Na mesa é um evento !

O charme Provence parte 2 – L’Oustau de Baumanière

Nossa equipe com o chef Jean-André Charial
Nossa equipe com o chef Jean-André Charial

Curso de Cozinha

No dia seguinte fomos conhecer a cozinha do L’Oustau de Baumanière, com o Chef Bernard Chatton que ensinou como fazer uma salada Niçoise. Um prato típico Francês, em uma versão Haute Couture, claro. Enquanto o chef Glenn fazia testes para uma nova torta de cogumelos, ele explicou que eles demoram em média 4 meses ara desenvolver um novo prato. Que delícia deve ser ficar testando tudo.

Blusa Monki, Saia Rossella Jardini
Blusa Monki, Saia Rossella Jardini

O charme Provence parte 2 – L’Oustau de Baumanière

O charme Provence parte 2 – L’Oustau de Baumanière

Também aprendi mil coisas sobre ingredientes. Aliás, fiquei fascinada por esse universo culinário. Eu preciso agora de uma pinça, que faz toda a diferença na hora de montar os pratos. E olha quantas coisas eu aprendi sobre alguns ingredientes e produtos, esses são os que eu me lembro.

Alho Negro – Um alho que é caramelizado entre quinze a 20 dias em altas temperaturas, é uma técnica japonesa, ele fica pretinho e delicioso. É super anti-oxidante e bom para a saúde.

Mère Vinaigre – Um filme produto da fermentação de bactérias no fundo de garrafas de vinho, que serve para produzir um verdadeiro vinagre de fermentação natural. O gosto é bem diferentes dos vinagres que eu conhecia antes.

Olives Casses – Azeitonas nessa região mediterrânea eles tem de sobra. Até mesa é decorada com uma Oliveira miniatura. As olives casses, que são a especialidade da região do Vaux . Elas são marteladas para depois serem marinadas com ervas, a minha preferida foi a de erva doce.

O charme Provence parte 2 – L’Oustau de Baumanière

O charme Provence parte 2 – L’Oustau de Baumanière

Salade Nicoise
Salade Nicoise

Chocolate pimenté et mangues
Chocolate pimenté et mangues

O charme Provence parte 2 – L’Oustau de Baumanière

O charme Provence parte 2 – L’Oustau de Baumanière

Um hotel lindo, super familiar e romântico. Engajado na produção de orgânicos produtos locais, na experimentação e na busca de ativar todos os sentidos. Aprendi muita coisas nessas 48 horas no Baumaière, espero ter compartilhado um pouco com vocês.

É o tipo de experiência que fica na memória. Adorei essa viagem !
Quartos a partir de 200 euros, jantar a partir de 150 euros ( sem os vinhos )

Veja a primeira parte da viagem aqui

Hotel Baumanière

Bisousssss

Pics by Me and Audrey.

0 Comentários
Newsletter