Paris me Chama

Moda, Beleza e dicas de Paris

by Paula Saady

Giverny: Tudo o que você precisa saber

Giverny: Tudo o que você precisa saber

Travel

Muitas pessoas nem imaginam, mas os arredores de Paris são lindos e tem muita coisa bacana para visitar. Giverny, por exemplo, é um bate-volta perfeito!

Giverny e o Jardim de Monet

Giverny é uma cidade super charmosa {e minúscula} perto de Paris. A grande atração por lá é o jardim de Monet e sua casa.

Pelas ruas de Giverny
Pelas ruas de Giverny

Quando o famoso pintor e sua família se instalaram em Giverny em 1883, eles usaram o pedaço de terra ao redor da casa para começar a plantar o que hoje é um dos jardins mais famosos do mundo.

Giverny: Tudo o que você precisa saber

Monet criou um jardim cheio de perspectivas, simetrias e cores. Como não se apaixonar?

O jardim do lago e seu efeito déjà vu

Giverny: Tudo o que você precisa saber

Sabe aquele sentimento de “OMG, eu já vi isso antes!”? Sim, você está certo! Se você não é uma ostra, você provavelmente já viu essa bela paisagem antes … Estar lá é se transportar para dentro das pinturas de Monet, é mágico!

Giverny: Tudo o que você precisa saber

Como chegar:

CARRO:

Quando visitei Giverny com meu marido fomos de carro, fica a 74 km de Paris, então, sem trânsito, é cerca de 1h! Saímos de casa preparados para uma longa viagem (aparentemente, não percebemos quão rápido seria), lanches, água, chocolate … mas não tivemos tempo nem de abrir o chiclete, foi rapidão mesmo.

Giverny: Tudo o que você precisa saber

TREM:

A estação Vernon-Giverny está localizada na linha Paris / Rouen / Le Havre. Se estiver em Paris, sua aventura começa na estação Saint-Lazare (que, a propósito, não mudou muito desde que Monet a pintou!).

Saint-Lazare, Monet
Saint-Lazare, Monet

O trem completa a viagem em menos de 45 min {se você pegar o trem rápido}. Uma vez em Vernon, você verá um ponto de ônibus logo em frente à estação. Ele vai direto para o jardim de Monet {cerca de 15 minutos apenas}. Ou você pode ainda alugar uma bike, em frente à estação tem pelo menos 2 lugares que alugam {e de bike são prazerosos 20 minutos pedalando}. Claro que no inverno ir de bicicleta fica inviável nos dias mais frios. Nada pior que um vento cortando e ressecando nosso rostinho.

Quando visitar:

O jardim está aberto todos os dias de 24 de março a 1 de novembro, das 9h30 às 18h00 (última entrada às 17h30). Nós visitamos no início de março e estava bem bonito, mas claramente o jardim ainda não irradiava todo o seu potencial. Dava para notar lugares ainda vazios onde as flores ainda cresceriam. Então recomendo ir nos meses de abril e maio. E se puder, prefira os dias úteis para fazer a visita, é bem menos cheio e você vai poder desfrutar de toda beleza e paz que o jardim de Monet tem a oferecer.

Giverny: Tudo o que você precisa saber

O que você vai encontrar lá:

O lindo jardim de Monet, assim como o famoso jardim de água e sua ponte icônica, a casa do pintor {também aberta a visitas} e uma loja fofa de souvenir.

Giverny: Tudo o que você precisa saber

Quanto custa?

• Tarifa normal: 10,20 euros
• Crianças com menos de 7 anos: gratuito
• Crianças e estudantes: 7,20 euros

Dica:

Para beber um vinho em um terrasse super charmoso, experimente o restaurante do Hotel Baudy. Como chegar lá? É simples, continue caminhando até o final da rua principal (81 Rue Claude Monet) e voilà!

Giverny: Tudo o que você precisa saber

O que eu achei do jardim de Monet?

É um lugar lindo e cheio de história. É incrível como Monet recriou em sua casa o seu estilo de pintar, das cores aos traços, tudo. Ele criou seu próprio mundo, baseado em amarelo, azul e verde. Pintou sua vida com as cores que queria, mudando sua realidade. E você, qual é a sua cor preferida? Quanto dela você está colocando em sua vida?

Para mais informações acesse: www.giverny.org/gardens

By Patrícia Marques

Patrícia Marques

Patrícia Marques é carioca e atualmente mora em Paris. É Jornalista e Profissional de Marketing especializada em Digital e Social Media. Estudou Marcas de Luxo no Inseec Paris com foco em fine food e vinho, cheers! Atualmente trabalha como Consultora Digital e Content Maker para marcas e sites. Instagram: @paris.patriciamarques

1 Comentários
  • patriciac

    Que lindo!
    tks pelo post tão completo :)

Newsletter